Gráficos de MG nas ruas contra as Reformas de Temer

58

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Gráficas, de Jornais e Revistas no Estado de Minas Gerais (STIG-MG) esteve nas ruas contra as reformas do Governo Temer. A Reforma Trabalhista, que entrou em vigor oficialmente no último sábado (11/11), traz uma série de mudanças que prejudicam profundamente os trabalhadores brasileiros.

O Sindicato dos Gráficos está na luta contra as mais de 100 alterações feitas na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) que acabam ou reduzem direitos, precarizam brutalmente as condições trabalho em todo o país e deixam o trabalhador à mercê da exploração e ganância das empresas.

A reforma tem impactos negativos em diversos aspectos, como nos tipos de contrato de trabalho, flexibilização da jornada, redução de salários, piora nas normas de saúde e segurança, dificuldade de acesso à Justiça do trabalho, entre outros.

Somente por meio da mobilização dos trabalhadores é possível acabar com os ataques e, mais do que isso, colocar para fora este governo Temer e Congresso, marcados pela corrupção. O próximo ataque contra a classe trabalhadora será a tentativa de aprovação da Reforma da Previdência. Não podemos deixar. Fora Temer! Fora Todos Corruptos! 

Compartilhar